terça-feira, 11 de abril de 2017

COMUCAA DIVULGA OS PROJETOS NÃO-GOVERNAMENTAIS APROVADOS PARA FINANCIAMENTO PELO FIA 2017

Através da Resolução n.º 009, de 04 de abril de 2017, o COMUCAA/Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Açailândia-MA publica a relação dos dez (10) projetos de entidades não-governamentais que concorrerAm aos Editais n.º 01 e 02 FIA/2017, tendo financiamentos aprovados para o FIA/Fundo Municipal para a Infância e Adolescência para este ano de 2017.

Cada projeto foi contemplado com o valor de R$ 40.000,00 – quarenta mil reais- somando o total de R$ 400.000,00 – quatrocentos mil reais- das “Subvenções Sociais” previstas no Orçamento do FIA 2017, aprovado no “Plano de  Aplicação do FIA 2017” pelo COMUCAA.

As entidades deverão receber de imediato metade do valor aprovado, e as atividades dos projetos deverão iniciar na próxima segunda-feira, 17/04.

Os projetos aprovados para o FIA 2017 são os seguintes:

1)“Construindo a Cidadania”, do Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos Carmen Bascaran/CDVDH-CB;
 2) “Futsal Cidadão”, da Associação de Moradores do Pequiá;
 3) Vencendo desafios e transformando Vidas’, da Associação de Esportes Coração da Vila;
4) ‘Fazendo Arte’, da APAE;
5) ‘Amor é Cidadania’, da Associação de Esportes Bom de Bola Bom de Escola;
 6) ‘Infoarte’, da Associação Comunitária Bom Samaritano;
 7) ‘Esporte e Cidadania, União a favor da Vida”, da Fundação Esportiva Pé do Atleta;
8) ‘Resgatando Vidas e descobrindo Talentos”, da Associação Esportiva Bola de Ouro;
9) “Praticando a Cidadania”, da Associação de Moradores da Vila Capeloza;
 10) ‘Um novo olhar 2017’, da Associação de Moradores da Vila São Francisco e Jardim América.

Note-se que metade dos projetos aprovados têm como atividades o esporte educativo e formativo, ao lado do lazer, sobretudo vinculado ao futebol de base e ao futsal.

No todo, como política pública e como intenção governamental, até que este esporte foi regularmente contemplado no Orçamento Municipal para 2017.

Além dos recursos do FIA  agora apro vados, a LOA/Lei Orçamentária Anual  2017- orçamento da Secretaria de Juventude e Esporte, prevê R$100.000,00 – cem mil reais – para “Apoio ao Futebol de Base”.

Além desses projetos não-governamentais aprovados pelas “Subvenções Sociais” do FIA 2017, o COMUCAA aprovou dotações orçamentárias do FIA para funcionamento e manutenção do PROTAGONISMO INFANTO-JUVENIL, exercido pela Comissão Juvenil do Fórum DCA/Direitos da Criança e do Adolescente de Açailândia, atualmente sob responsabildade da Associação de Moradores da Vila Capeloza; para Formação Continuada de Atores do SGDCA/Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes; para comunicação e divulgação, e monitoramento, acompanhamento, avaliação dos Planos Municipais.

***********************************************************************










quinta-feira, 6 de abril de 2017

COMUCAA aprova dez (10) PROJETOS para o FIA 2017 - ESCOLINHAS DE FUTEBOL aguardam resposta do COMUCAA para FORMAÇÃO ESPECIFICA

COMUCAA aprova dez (10) PROJETOS para o FIA 2017



Em assembléia extraordinária realizada na manhã da quarta-feira, 05/04/2017, em sua sede, localizada na Rua Marly Sarney, n.º 1.112, Centro, o COMUCAA/Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Açailândia-MA., aprovou dez (10) das onze propostas de entidades não-governamentais para financiamento de atividades pelo FIA/ Fundo Municipal para a Infância e Adolescência.


Foram aprovados os projetos das entidades:



1.     Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos/Carmen Bascaran
2.     Associação de Moradores da Vila São Francisco e Jardim América
3.     Associação de Esporte Coração da Vila
4.     Associação de Moradores da Vila Capeloza
5.     Associação Esportiva Bom de Bola
6.     APAE
7.     Associação Comunitária Bom Samaritano
8.     Fundação Esportiva Bola de Ouro
9.     Associação Comunitária de Moradores do Pequiá
10. Associação Esportiva Pé do Atleta


Os próximos passos são o repasse da primeira às entidades, que deverá ocorrer na próxima semana, e dia 17/04, inicio das atividades, com previsão de oito meses.




ESCOLINHAS DE FUTEBOL aguardam resposta do COMUCAA para FORMAÇÃO ESPECIFICA


O Presidente da AEFA/Associação das Escolinhas de Futebol de Açailândia, e também da LEA/Liga Esportiva de Açailândia, Carlos Augusto Figueiredo, através de uma comissão constituída por membro representante das Escolinhas, e de conselheira tutelar, protocolou a um mês junto à Presidente do COMUCAA, Angela Márcia Lima Silva, pedido para uma FORMAÇÃO ESPECIFICA para o pessoal envolvido nas atividades esportivas educativas e formativas de futebol, as das ‘Escolinhas’.


No entanto, até agora não se obteve resposta, o que preocupa Carlos Augusto. Por exemplo, dos dez projetos aprovados pelo COMUCAA para financiamento pelo FIA 2017, quatro são das escolinhas, e as atividades devem iniciar, conforme determina o Conselho/FIA, no dia 17/04. Ele, com todo o pessoal envolvido nas escolinhas (dirigentes, treinadores, instrutores, educadores, pais) gostariam que a FORMAÇÃO se desse antes do início das atividades, para se evitar muitos problemas e aborrecimentos que aconteceram ano passado, envolvendo as escolinhas.


**************************************************************




quarta-feira, 5 de abril de 2017

Lançamento do Projeto “PARCEIROS DA PAZ e da campanha MARANHÃO NA PREVENÇÃO ÁS DROGAS” dia , 06/04/2017, na Câmara Municipal de Açailândia


(* Errata: errei na postagem, sobre o dia do evento: 06/04 é hoje, quinta-feira, e não sexta-feira)



O Comitê Estadual de Prevenção às Drogas, e a Deputada Federal ELIZIANE GAMA lançam, na manhã da sexta-feira, 06/04/2017, 0900 horas, na Câmara Municipal de Açailândia, o Projeto “PARCEIROS DA PAZ e da campanha MARANHÃO NA PREVENÇÃO ÁS DROGAS.

Sem a menor dúvida, hoje “drogas” (inclusive as socialemnte aceitas, como a iniocente cerveja...) são o grande problema social – e policial e de segurança – que atormenta a população açailandense.

Em dois recentes momentos públicos na mesma Câmara Municipal (audiência pública do COMUCAA/Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e lançamento da campanha de COMBATE AO TRABALHO INFANNTIL, do Sindicato dos Empregados no Comércio/Seca), “drogas” foram dos assuntos mais levantados.

É uma realidade aterradora, a “cooptação,o aliciamento” de Crianças e Adolescentes ao tráfico, bem como cada vez mais tornam-se reféns da drogadependência.

O que se espera é não seja mais uma mera e simples campanha, um mero e simples projeto, mas deste lançamento ‘saiam’ encaminhamentos efetivos, concretos, factíveis.

È preciso estancar o extermínio e genocídio de Jovens, que vem apavorando o município, mas é preciso por todos os meios buscar evitar o envolvimento de Crianças e Adolescentes com as “drogas”.




sexta-feira, 31 de março de 2017

COMUCAA DECIDE SOBRE APROVAÇÃO AOS PROJETOS FIA 2017 SOMENTE NA PRÓXIMA SEMANA




Embora o Edital FIA n.º 02, de 03/03/2017, já ter prorrogado prazos para apresentação, análise e aprovação das propostas concorrentes ao FIA/Fundo Municipal pata a Infância e Adolescência, e determinar o dia 30 de março como prazo limite para a homologação dos projetos aprovados pelo Plenário do COMUCAA/Conselho Municipal dos Direitos as Criança e do Adolescente de Açailândia-MA, novamente este prazo não será cumprido.

Na manhã desta sexta-feira, 31/03, a Secretaria Administrativa do COMUCAA confirmou que ainda não foi marcada a assembléia para a homologação dos projetos, após a análise da Comissão especial.


Como publicado, 11 – onze – propostas concorrem ao FIA 2017, que pode chegar a um valor total de R$ 400.000,00 – quatrocentos mil reais- para atividades ate´o final do ano.






quinta-feira, 30 de março de 2017

R E A L I D A D E


" Observação: clipe retirado da internet "

Sindicato dos Empregados no Comércio de Açailândia/SECA lança “Campanha de Combate ao TRABALHO INFANTIL”

O SECA/Sindicato dos Empregados no Comércio de Açailândia, através de seu Presidente, Igor Dias Morais, lançou na noite da terça-feira, 28/03/2017, na Câmara Municipal, a “Campanha de Combate ao TRABALHO INFANTIL: você não vê, mas existe!”.

O Presidente do SECA justificou a campanha, em razão da realidade de Açailândia, em que se constata a existência de muito TRABALHO INFANTIL!

Disse o Presidente Igor que a campanha se estenderá até 30 de abril, contando com várias parcerias, entre elas o CDVDH-CB/Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos Carmen Bascaran, a Paróquia Santa Luzia do Pequiá, A Associação de Moradores de Pequiá de Baixo, o MPT/Ministério Público do Trabalho..

A palestra sobre o tema foi proferida pela veterana (em terceiro mandato)  Conselheira Tutelar Edna Maria Alves dos Santos, que fez um resgate histórico de como Açailândia tem considerado a questão do TRABALHO INFANTIL!

Enfatizou que temos um “arsenal” de leis, normas, convenções, tratados, políticas, para prevenir e combater, e proteger o trabalho de Adolescentes, aplicando a “lei da Aprendizagem”.   E que temos tudo, aqui em Açailândia,  em termos de órgãos, programas, projetos, serviços,  para conseguirmos melhores resultados, evitando tantas violações dos Direitos!

Lembrou que temos um dos melhores FIA/Fundo Municipal para a Infância e Adolescência, deliberado pelo COMUCAA/Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com quase um milhão de reais orçados para este 2017, e mais já mais de quinhentos mil reais em caixa (o que foi confirmado pelo vice-presidente do COMUCAA, Nilo Pereira), e que estes recursos são utilizados para projetos como por exemplo, das escolinhas de futebol, que contribuem na prevenção e no combate.

Mencionou as piores formas de TRABALHO INFANTIL, entre elas a exploração sexual comercial de Crianças e Adolescentes (séria questão social, que incluiu Açailândia em duas CPIs/Comissões Parlamentares Estaduais  de Inquérito, em 2003/04 e 2009/10).

E cobrou forte do “silêncio da sociedade”, que não vê o TRABALHO INFANTIL DOMÉSTICO, e que cultua o dito  “... é melhor que trabalhem do que caiam na droga, no tráfico e no crime, na prostituição...”, quando as estatísticas demonstram o contrário.

Mas ressaltou a fragilidade e a desarticulação do “sistema e da rede de atendimento”, e que contava que a campanha lançada “acordasse o COMUCAA – deliberador e controlador de políticas e ações – o governo e a sociedade” para a prevenção e o combate a esse mal que hipoteca o futuro da população infanto-juvenil.


Na programação, que lotou completamente as dependências da Câmara Municipal, palestras sobre a Reforma da Previdência Social, a Terceirização e sobre questões  salariais do magistério estadual.







***********************************************************







quarta-feira, 29 de março de 2017

AÇAILÂNDIA CONTRA A REFORMA DA MORTE E PELO VETO DA TERCEIRIZAÇÃO

AÇAILÂNDIA CONTRA A REFORMA DA MORTE E PELO VETO DA TERCEIRIZAÇÃO



CONVITE


 O “REDE DE CIDADANIA” TEM O IMENSO PRAZER DE CONVIDAR  TODOS E TODAS PARA PARTICIPAR DE UMA GRANDE CONCENTRAÇÃO NO  DIA 31, SEXTA FEIRA, ÀS 15 HORAS NA PRAÇA DO PIONEIRO.

NÃO A REFORMA DA PREVIDÊNCIA!






PELO VETO Á TERCEIRIZAÇÃO!...